Vitalidade e talento

O escritório Morais e Amaral, à frente do masterplan da mostra RioMar Casa há dois anos, apresenta um pouco da produção e projetos em andamento.

Fotos: Arquivo Morais e Amaral

Fundado em 2011 por Thyago Amaral e Luciana Morais, o escritório Morais e Amaral, recebeu em 2015 Igor Santos, que formou o trio que é a formação atual do escritório.

Thyago Amaral, Luciana Morais e Igor Santos.

Thyago Amaral, Luciana Morais e Igor Santos.

PERFIL E ATUAÇÃO

Um escritório de alma jovem cheio de personalidade que preza pela ética, excelência e qualidade em tudo que se propõe a fazer. Sua juventude não reflete em inexperiência e sim em vitalidade e de estarem atentos aos mecanismos e ferramentas para realizar a boa arquitetura. Foco em projetos diferenciados e com um perfil ímpar de inovação e gestão de qualidade, traduz a produção do escritório. Atendem a maioria dos seguimentos de projetos, residências, corporativos e principalmente comerciais com foco no varejo de combustíveis e serviços, atuam em todo Brasil redes de postos de gasolina de diversos tamanhos e bandeiras, especialmente Petrobras Distribuidora e a Shell, líderes de mercado.

“Nosso objetivo a médio prazo além de se fortalecer no mercado como uma marca séria e comprometida com princípios básicos da ética e da qualidade, pretendemos implementar um padrão de qualidade e excelência máxima em projetos e satisfação de nossos clientes”, afirma Thyago Amaral. Por ser um escritório dinâmico e objetivo, que entende a realidade atual dos clientes, faz com que dentro de prazos satisfatórios consigam atuar nas demandas em diferentes locais do país, com ênfase no segmento do varejo de derivados de petróleo.

PARA O RIOMAR CASA

Em mais um ano à frente do Masterplan do RioMar Casa, o escritório demonstra satisfação e dinamismo, sendo um eterno aprendizado. O trabalho se inicia bem antes do
começo da mostra e vai até o último dia da desmontagem, com o contato junto aos arquitetos, avaliação e condução dos projetos, gestão da equipe de montagem, coordenação com a arquitetura do shopping, o que gera um conhecimento muito rico e impagável, que seria muito difícil de ser adquirido sem essa oportunidade e vivência.